MEMORABILIA 15 – Uma aventura nas grutas do IP3

Na galeria maior com o Vítor

Foi uma manhã de sábado diferente e
marcante, mas não consigo lembrar-me da data exata. Terá sido em finais da década de oitenta. 
Os trabalhos para a construção do IP3
que, durante a semana, movimentavam dezenas de homens e máquinas, estavam, nesse sábado, parados. O Vítor (se leres isto, perdoa-me, já não
 recordo
o teu apelido), trabalhava nessa grande empreitada. 

Combinámos o
encontro junto à Água de Soito e lá fomos nós, munidos de lanternas e de uma
grande ansiedade! O meu amigo José Fernando apareceu com a sua inseparável
Praktica, uma máquina fotográfica alemã muito fiável. 
A zona onde
estava localizada a gruta tinha, ao lado, uma parede de rocha que tinha sido
fustigada pelas máquinas, para abrir caminho ao acesso

... [Ler artigo completo]

Talvez também queira ver ...