Fogo não pode parar ciclo de crescimento

Em Maio de 2011 Portugal vivia um dos períodos mais negros da sua história. Tinha início o plano de assistência financeira, acordado entre as autoridades portuguesas, União Europeia e Fundo Monetário Internacional. Dois meses depois, em pleno contraciclo, era inaugurado o Hotel Rural Quinta da Conchada. 
António Dias, administrador do hotel
O projeto saiu da cabeça de António Dias, um empreendedor que não teve receio em investir no seu concelho, apesar de a conjuntura não ser a mais favorável. Emigrante em França durante quase três décadas, com algum conhecimento na área da restauração e hotelaria, António Dias seguiu os conselhos de um antigo presidente da Região de Turismo do Centro e aproveitou um terreno, junto às margens da albufeira do Coiço, para erguer a unidade hoteleira.
“A minha
... [Ler artigo completo]

Talvez também queira ver ...